Crato: Confusão em ato de campanha do candidato Dr.Aloísio (Pros)

Segundo informações divulgadas, um suposto apoiador do atual prefeito teria disparado cinco tiros próximo a um grupo militante do candidato Dr. Aloísio (Pros)




Dr. Aloísio (Pros), Zé Ailton Brasil (PT). Divulgação/Reprodução Redes Sociais

Veio a público na manhã de hoje, 17, a informação de que um suposto apoiador do candidato a reeleição na cidade de Crato, Zé Ailton Brasil (PT), teria disparado tiros de arma de fogo próximo a militantes do também candidato, Dr. Aloisio (Pros).

Segundo informações, o grupo de militância do postulante ao executivo municipal do Pros realizava atividade de campanha no bairro Alto da Penha, quando foi surpreendido com uma ação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que era desenvolvida juntamente com agentes da Polícia Militar. De acordo com nota enviada pelo candidato Dr. Aloísio, após a resolução da questão junto ao TRE, percebeu-se que um suposto apoiador do candidato Zé Ailton Brasil (PT) estava em posse de uma arma de fogo, tendo  em seguida desferido cinco disparos no intuito de intimidar os agentes de campanha do concorrente do Pros, Dr. Aloísio, além de todos que estavam postos no local afim ouvir o que seria expresso.

A nota classificou o ato como uma expressão da velha política e disse, ainda, que tal situação busca, segundo termos da assessoria do candidato, “forçar a população a viver numa ditadura do medo e da opressão”.

Procurada, a assessoria do candidato Zé Ailton Brasil (PT) repudiou a divulgação das informações que buscam associar o nome do atual prefeito ao fato em questão. A nota afirmou que toda a agenda de ontem do postulante à reeleição foi cancelada, bem como como foi determinado fechamento do comitê de campanha, o fato se deu devido falecimento do Mestre da Cultura Raimundo Aniceto.

A nota finaliza afirmando que a coligação de reeleição se posiciona contra qualquer ato de violência, independente da filiação partidária. Questiona ainda o que seriam ações de velha e nova política. 

Veja abaixo a nota completa divulgada pela assessoria do candidato Zé Ailton Brasil (PT).

A Coligação “O Crato Não Pode Parar” vem repudiar informações divulgadas contra o seu candidato Zé Ailton. Ontem, um dia de luto no município do Crato, e consternados com a perda do Mestre Raimundo Aniceto, a primeira atitude de Zé Ailton e André Barreto foi suspender todas as atividades da campanha.

A agenda foi cancelada, determinaram o fechamento do comitê, bem como das demais ações da campanha no município. Zé Ailton e André Barreto reservaram o dia em respeito à família e a todos os cratenses que amam Mestre Raimundo, bem como sua história e seu trabalho.

Infelizmente, essa não foi a mesma atitude dos adversários, que mantiveram caminhadas e adesivaços por vários bairros e a todo custo tentaram criar fatos políticos, acusando Zé Ailton por qualquer coisa que aconteça.

São essas as novas práticas da política? Quem, verdadeiramente, está sendo perseguido? São os adversários ou os nossos candidatos?

A Coligação “O Crato Não Pode Parar” repudia, ainda, qualquer ato de violência de quem quer que seja. E, aproveitamos para reafirmar que vamos continuar defendendo e praticando o diálogo, o respeito às diferenças e as ações propositivas, baseadas no respeito e na paz. São estes os princípios dos nossos candidatos e do nosso projeto para o Crato.

Coligação “O Crato Não Pode Parar”

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Paulo Junior
Carregar Mais Em Eleições

Sobre Paulo Junior

Graduando em jornalismo pela UFCA e um apaixonado por política, literatura e cinema. E-mail: [email protected]

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!